segunda-feira, 10 de abril de 2017

[sem título]

Hoje a tristeza me suprimiu
Como se comprimisse algo que fica correndo no meu peito
Me fez sair da aula correndo de vazar pelos olhos
Senti um desespero e uma vontade estúpida de te ver.

É engraçado quando fico assim
Sinto uma coisa que eu sentia quando era pequena
E me sentia incapaz, querendo girar a roda do tempo
E estar onde estou agora.

É difícil viver no mundo físico e eu odeio pagar contas.
Sei que depois de amanhã estarei melhor, quando eu sangrar.
Estou aflita de não nos ver, e cansada de estar sempre alerta

Queria cinco minutos do cheiro do teu prédio.

0 comentários:

Postar um comentário