quinta-feira, 28 de abril de 2016

Prelúdios e Noturnos

Prelúdio
Não quero feri-la
quando sei que entre ele ou ela
vou correndo para ele.
Seu carinho me amedronta
olhos claros tão bonitos
menina de cabelo verde
não quero quebrar você,
porque não quero carinho.
Eu escolho a fuga.

Parte I
Ao preferir ele
escolho a indiferença
uma frieza que me deixa puta
Saiba você que nunca serei sua
Não trate como se eu fosse louca
Eu vou quebrar você em três.

Parte II
Sinto a falta dela
quando acordo e vejo as fotos com seus olhinhos pequenos
a voz dela falando estupidez
A pele da barriga onde ela sentia cócegas
A bebida que ela odiava mas que amava me dar
Eu sinto a falta dela
E cada dia que passa me deixa mais longe
Pra além do além-mar onde ela se encontra.

0 comentários:

Postar um comentário