terça-feira, 15 de março de 2016

irremediável

"I'm not like all of the other girls
I won't share it like the other girls
I won't fake it like the other girls
That you used to know."

You look so fine, Garbage.

Estou me desintegrando aos poucos
Acho que é por isso que eu gosto tanto do vento
porque parece que ele vai levando cada pequena parte do meu ser embora
porque parece que se eu não existisse seria mais fácil
porque não seria
porque não teria essa agonia
de acordar toda manhã.

Deixando ir, deixa pra lá
eu não me importo
eu sigo dizendo isso para todes e para mim mesma.

Eu prefiro ficar sozinha
porque eu não confio em ninguém
e não quero que ninguém chegue ao ponto
de confiar em mim.
Eu não sou confiável.

Eu sigo deixando vocês longe, longe, longe.
Eu me sinto mais confortável assim.
Mas às vezes é bem solitário
às vezes sinto que não tem mais volta
e que meu problema é irremediável.

Não tem solução.
Eu quero que você, por favor, vá embora.
Isso não tem a ver com quem você é.
Não tem a ver com querer algo que não posso ter
ou com projetar algo que você não foi.
Tem a ver com eu querer ser eu, sozinha, porque a companhia me impede de pensar.

0 comentários:

Postar um comentário