domingo, 3 de maio de 2015

momento indeciso

onde está onde sou onde era onde soo onde voo

onde onde onde

manias de querer saber
manias de não sentir
poesia experimental
ou só experimentando ser
não sei bem onde começa
muito menos como termina

se termina...

quantas bobagens nesse dia de amanhecer estendido
como se o segundo em que o sol se escondeu derradeiramente
se sustentasse por horas e horas e horas

aquele momento indeciso do dia
aquele momento indeciso da vida
aquele momento indeciso e vazio.

0 comentários:

Postar um comentário