segunda-feira, 17 de março de 2014

Asas e cores

Te brinco na lua com brilho na pele porque imagino a lua com lagos perolados onde podemos mergulhar sem nunca nos afogarmos. Descidi que haveria algumas pedras e umas árvores, e a gente passearia descalço. Encontraríamos nossos sonhos em pequenas contas e faríamos um lindo colar e nós o vestiríamos e então as pessoas sonhariam os nossos sonhos e acordariam felizes. Todos os dias eu sinto como se quebrasse todas as taças da mais fina sala de jantar um aparador enorme se esbajna sobre mim até o teto um teto alto de salão de castelo de vidro parece que vou deixar tudo em caquinhos as estrelas parecem maiores aqui no meio da transparência sólida. Aí vem o sol e tudo derrete, mas não me queimo você aparece asas e cores porque sim. Sim, você tem asas, você as tem e tenho certeza Porque sinto como você me abraça com elas e quase me fundo com você e sua voz. Conversando com conchas na lua.

0 comentários:

Postar um comentário