domingo, 6 de maio de 2012

Tempo e Bailarina indecisos

Eu não sei o que dizer quando minha inspiração falha
É raro, mas às vezes não ficamos na mesma frequência
E eu não sei por que isso acontece
Talvez seja normal e eu só esteja desabituada.
Talvez essa sensação seja na verdade nós dois
confusos e venenosos ao mesmo tempo. Talvez.

Engraçado que a lua ri no céu e no tarô
Ela fez uma volta completa em torno do meu quarto,
mais uma em torno da minha cama
e saiu brilhando arco-íris, deixando um rastro colorido no céu
que depois a envolveu como os anéis de saturno.

Desenhei uma bailarina sob um céu com essa lua
que brinca sobre capim e algumas flores,
como naquele dia que sentamos sozinhos na grama e falei daquela senhora
a mesma do crucifixo dourado
que me protege tanto quanto você.

Chorei sem lágrimas ou gemidos agoniados
fiquei imóvel olhando pro teto esperando a vontade passar
várias vezes no dia essa cena se repetiu
e o céu estava indeciso como eu fui outrora.
Mas se hoje a chuva não vem, amanhã eu choverei.

0 comentários:

Postar um comentário