segunda-feira, 21 de maio de 2012

sonhos

te tenho no oculto
em meio à bruma
de onde viemos e onde nos abrigamos
eu faço isso pra lembrar
escrevo pra ser tua
te mando palavras aos ouvidos
à noite
enquanto dormes
quase posso sentir como
se estivesse no teu quarto
ao pé da tua cama
no sopé do teu ouvido
sussurrando para que durmas bem
para que sonhes comigo
torcendo para que, ao acordar,
eu possa ter lembranças de sonhos teus também


- Hoje eu toquei piano e lembrei de você - mas também, quando eu não lembro?

0 comentários:

Postar um comentário