sexta-feira, 18 de maio de 2012

Do tarô ao clichê

"Oh, wind and rain may haunt me
Look to the north and pray
Send me, please, his kisses
Send them home today" 
Send his love to me, Polly Jean Harvey 



Estranho o dia em que não te vejo.
O céu até se lavou de ontem,
quando ele choveu pra nós,
sentados observando a fonte.

Você disse uma vez que eu era ar.
Eu sorri internamente porque eu também me vejo assim.
Eu vento pra você criar,
mesmo quando você não fala de mim.

Eu paro e suspiro quando lembro
de um toque vívido que assalta minha memória
sempre que sinto ar frio na pele eu penso no Mundo.
Estrelas contam da gente. Pandora manda esperança.

O sonhos caminham junto com a poesia e a dança,
ora figurativa, ora real,
 nos conduz pra dentro de nós mesmos,
quando nos vemos um no outro.

- Rimas parecem uma coisa boba, mas coincidentemente eu as fiz. Perdão aos que não gostam delas. Eu compreendo.

0 comentários:

Postar um comentário