domingo, 8 de abril de 2012

Te quero livre

Chorando a tarde inteira aqui trancada
dando graças a deus por você não estar perto
assim você não vê.

Puxo as linhas descosturadas do meu peito
que se abre cada vez mais, do pior jeito possível
soluços inaudíveis mas atormentadores me perpassam
e no entanto eu não vou deixar você ver nada disso.

Porque não quero te prender com essas linhas
não quero traçar limites com pontilhados traços em giz branco
porque você é livre.



1 comentários:

Ana Melisa disse...

Meu deus...é exatamente o que esta acontecendo cumigo, ultimamente, HOJE.

Postar um comentário