sexta-feira, 29 de julho de 2011

Manifestos de Menina #1

Eu não queria estar sóbria
eu não queria ser quem eu sou
eu não queria estar onde estou
nem como estou.

Eu queria tantas coisas
e hoje eu gritei muito,
e as coisas parecem mais perto agora.

Não quero ser um ator suicida
que deixa uma guirlanda na janela.
Não quero que o frio me mate;
nem armas;
nem solidões desnecessárias.

0 comentários:

Postar um comentário