quinta-feira, 21 de abril de 2011

Sem definição

"But if the sun sets you free
you'll be free indeed".


Estou dividida. Deveria eu casar-me com a verdade? Mas que verdade? Se ela é sempre tão parcial... Não serve nem pra amante.
Ela não é minha busca, na realidade. Eu nunca procurei por ela, eu sempre procurei... por mim mesma. E a minha verdade é a luta da razão contra os "algo mais" da vida.
Eu não sei mais o que me deixa mais feliz, se é a chuva ou se é o sol. Eu não sei mais o que me deixa triste. Às vezes a mesma coisa traz a alegria e a melancolia. Depende. Do tempo, do dia, das circunstâncias...
"Quem sabe isso passa, sendo eu tão inconstante..."
Inconstante? Desde quando?
E cada vez mais eu me afasto do meu estilo, cada vez mais as palavras vêm sem se importar com a forma como eu gosto delas. Elas vêm e estupram minha escrita. As malditas se colocam em frente a mim sem me dar ao menos chance de protesto. Sinto-me incapaz de escrever, sinto-me incapaz de ordenar as letras, de ordenar minha vida.

~~~~

0 comentários:

Postar um comentário