terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Eu só queria um pouco de paz
Talvez a encontre
em algum lugar de mim mesma
sozinha de novo
onde tudo deve estar.

Tudo está em seu lugar quando não tenho ninguém.
Mas isso não significa felicidade.

2 comentários:

Luccas Neves Stangler. disse...

Vi, na parte inferior do seu blog, um trecho d`O Amante. Acabo de lê-lo e tenho a certeza que foi um dos textos mais bem escritos que tive conhecimento.

Parabéns pelo gosto e pelo blog, escreves bem, Ana.

Tainah Lunge disse...

Eu já disse pra ti o quanto adoro esse poema? Pois então: adoro-o de forma infinita.

:*

Postar um comentário